WeCreativez WhatsApp Support
Atendimento via Whatsapp
Oi, Como posso ajudar?

Cães com pelagem longa: Como manter o pelo saudável?

Cães com pelagem longa: Como manter o pelo saudável?

Escrito por: Meu Cantinho Pet

Se o seu animalzinho possui pelagem de comprimento intermediário a longo, os cuidados para manter tudo em perfeita harmonia são muito simples! Primeiramente, tenha em mente que a saúde do bichinho vem sempre em primeiro lugar, e que a consequência disso, eventualmente, será a boa estética.

Um passo muito importante para manter os pelos do seu pet saudáveis acaba por ser a dica mais simples: Banho e tosa! Isso mesmo, os banhos periódicos –aqueles que auxiliam na proteção contra parasitas e diversas doenças de pele, também são os super heróis dos pelos longos.

Lembre sempre que a tosa se trata de saúde. Tanto pela alta temperatura que o bichinho atura por debaixo do “casaco de pelos”, quanto pelo fato de que eventualmente, se o pelo for muito longo, há a imensa propensão de nó. Assim, acumulando sujeira e podendo até machucar o animal (além do desconforto constante), se ocorrerem em lugares específicos.

Enquanto os banhos forem dados semanalmente, a manutenção dos cuidados se torna ainda mais simples; podendo ser baseado no ambiente que o animal vive, e/ou tem acesso direto (como por exemplo, se há convivência com outros animais, ou locais onde há passeios freqüentes).

As tosas ainda podem acontecer mensalmente, sendo quinzenal apenas a tosa higiênica; que é a mais barata e simples, mas a de maior eficácia. Principalmente pelo fato de ser concentrada nas áreas mais propensas de grudar sujeira.

Animais que vivem exclusivamente dentro de casa:

Nesse caso, levando em consideração o banho semanal, resta manter o animal sempre escovado. Podendo ocorrer de 4 a 5 vezes na semana, dependendo do porte do pet.

Animais que vivem e/ou possuem acesso ao quintal:

Se o quintal for um gramado, as escovas e tosas devem ser sagradas! Dessa forma, a sujeira não se acumulará, e o pet poderá correr e brincar com mais leveza.

Além do mais, se levarmos em consideração que quanto mais longo e denso o pelo do cão for, mais longo também será o tempo de duração para que ele esteja completamente seco após se molhar e sujar. O que passa a ser um problema partindo do fato que o lugar preferido de bactérias e fungos é um lugar quente, abafado e úmido.

Animais que convivem com outros animais:

Esse caso trata se basicamente do item acima. Se há outro animal para ajudar o cãozinho a se sujar, e desenvolver nós (que acontecem acidentalmente durante brincadeiras), os cuidados são os mesmos. Manter o pet sempre tosado e escovado. Escovação, que nessa situação, pode ocorrer diariamente, ou no máximo em um prazo de 2 dias.

Animais que tem rotina de passeio:

Esses animais devem sempre ser levados em consideração de forma especial. Por exemplo, se o seu pet for um cachorro de grande porte, e o local de passeio é um gramado propenso a poças de lama, você deve ter em mente que ele precisará de um banho assim que voltar para casa (para se livrar das possíveis bactérias) e depois de horas de secador, para que não fique com a raiz do pelo úmido.

Ou, se o seu pet for de pequeno porte, não é aconselhável expor ele a matagais altos, pois o pelo vai provavelmente se enrolar, criando nós que talvez só saiam se forem cortados. Agora que você domina a arte de cuidados com os cães de pelagem longa, aproveite seu cãozinho com um longo pelo sedoso; e o mais importante, feliz e saudável!

Add Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *